Drenagem de calázio

Calázio é uma tumefação da pálpebra causada pela inflamação (granulomatosa crônica) de uma das glândulas que produzem material sebáceo (glândulas de Meibomius) localizadas nas pálpebras superior e inferior.

O calázio às vezes é confundido com um hordéolo, ou também chamado terçol, que também aparece como uma tumefação na pálpebra. O hordéolo é uma infecção de um folículo ciliar que causa um nódulo avermelhado e doloroso na borda palpebral. O calázio é uma reação inflamatória ante uma obstrução da secreção sebácea pela glândula. Não é causada pela presença de bactérias, todavia a área afetada pode se tornar infectada por bactérias.

Quando um calázio agudamente infectado não responde a tratamento clínico, a incisão e drenagem da lesão causam alívio imediato.
Após anestesia local, a pálpebra é invertida e uma pequena incisão vertical é feita no lado interno da pálpebra. 0 conteúdo do calázio é então drenado através desta incisão. Este procedimento é indolor e não requer sutura, na maioria dos casos. 0 único sinal visível deste procedimento é um discreto edema na pálpebra afetada, que desaparece em poucos dias.

Um curativo é colocado sobre a pálpebra, durante algumas horas, para evitar sangramento e diminui o edema. Colírios ou pomadas são usados durante alguns dias. Pode haver recorrência do calázio no mesmo local ou adjacente à localização inicial.